24.5 C
Manaus, BR
14 de janeiro de 2021
AMAZONAS BRASIL DESTAQUES MANAUS NORTE SAÚDE

Cientista diz que Manaus tem caso suspeito de reinfecção e pode ter 3ª onda

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Manaus/AM – Um caso de reinfecção da Covid-19 em Manaus está sedo estudado por um grupo multidisciplinar de pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa). Os pesquisadores estão produzindo esse estudo para entender os efeitos da pandemia na capital.

Em entrevista ao jornal JAM1, o cientista Lucas Ferrante, mestre em biologia, doutorando do programa de biologia do Inpa, disse que a pessoa que está sendo estudada ficou assintomática, mas testou positivo da primeira vez.

Conforme Ferrante, o teste RT-PCR foi feito no mês de junho. Em outubro, a pessoa teria sido reinfectada apresentando um quadro um pouco mais grave da doença.

De acordo como pesquisador, casos de reinfecção da doença são difíceis de se confirmar, uma vez que as pessoas não fazem todos os exames de monitoramento desde a primeira vez que adoecem.

“Poucos pacientes são acompanhados e se enquadram nos critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS) que podem ser considerados reinfectados”, disse o cientista afirmando que o anticorpo só dura dentre 4 e 6 meses apenas. “Os anticorpos IGG, que são os que garantem essa imunidade, vão diminuindo até desaparecer do organismo”, afirmou.

Ferrante disse ainda, que a pandemia nunca esteve controlada no Amazonas e o grupo já havia percebido que o Estado passaria por uma segunda onda de contaminações desde agosto, inclusive avisou as autoridades.

“Temos cerca de metade da população de Manaus que teve contato com o coronavírus e muitas pessoas já estão perdendo essa imunidade, como vários estudos mostram. A ideia de imunidade de rebanho, desde o início da pandemia, já era cogitada como algo impossível. E o cenário hoje observado, de segunda onda em Manaus, descarta completamente qualquer ideia de imunidade de rebanho. É uma ideia totalmente absurda”, informou que acredita que se não for adotado um lockdown mais severo, Manaus passará por uma 3ª onda.

“Inclusive nós estamos prevendo uma terceira onda para Manaus e uma pandemia sem tempo indeterminado se não tivermos uma ação coletiva, obrigatória de vacinação e um lockdown muito mais severo do que esse estabelecido até o momento. Nós precisamos fechar escolas, nós precisamos fechar igrejas, academias e fazer o isolamento social de forma adequada e vacinar toda a população”, finalizou.

fontes

portaldoholanda

Publicações relacionadas

Toffoli concede prisão domiciliar a Geddel Vieira Lima

Redação

Ataque aéreo mata 33 soldados turcos na Síria

Redação

Fim de semana em Manaus tem registro de mortes violentas

Redação

Deixe um comentário