BRDE projeta ampliação da atuação no Sul do Estado – Blog do Prisco

BRDE projeta ampliação da atuação no Sul do Estado – Blog do Prisco

Para que o atendimento fique mais próximo, banco contará com um espaço cedido pela Associação Empresarial de Criciúma

 O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) estima alcançar R$ 5 bilhões em operações de crédito este ano, dos quais, R$ 1,5 bilhão em Santa Catarina. E a meta é seguir aumentando o volume movimentado nos próximos anos, ampliando também a participação do Sul do Estado.

“O Sul catarinense representa hoje cerca de 6% do volume e queremos avançar no número de operações na Região Carbonífera. Por isso, estamos fazendo esse movimento de aproximação com as empresas, para entender suas dores e de que forma o BRDE pode contribuir para tirar seus projetos do papel. O potencial da região é muito grande”, considera o diretor presidente do banco, João Paulo Kleinübing.

Para que esse atendimento fique mais próximo, o BRDE contará com um espaço cedido pela Associação Empresarial de Criciúma (Acic). “A aproximação do BRDE com as empresas e empreendedores locais é de suma importância e alinha-se com o propósito da Acic de fomentar os negócios e o desenvolvimento socioeconômico da região”, avalia o presidente da entidade, Valcir José Zanette.

O banco oferece diversas linhas de crédito e a definição de qual melhor se adapta à empresa que busca o aporte financeiro depende do projeto apresentado. “Buscamos utilizar várias fontes de financiamento, para gerar o menor custo. Em operações de até R$ 3 milhões, 80% das garantias vêm de fundos garantidores e 20% por parte do tomador”, explica Kleinübing.

Parcerias

Operações com valor inferior a R$ 1 milhão podem ser contratadas por meio de instituições cooperativas de crédito parceiras do BRDE. Na região, o banco tem parceria firmada com a Sicredi Sul SC.

“Nossa cooperativa tem como sua responsabilidade os 45 municípios do Sul de Santa Catarina e tem se destacado por suas parcerias. Com o acordo de cooperação firmado com o BRDE, procuramos alternativas para atender nossos associados, principalmente nas linhas de longo prazo”, expõe Aloísio Westrup, presidente da Sicredi Sul SC.

Inovação

Entre as principais linhas de crédito disponibilizadas pelo BRDE estão as voltadas ao fomento à inovação. “A Finep vem trabalhando, em parceria com Sicredi e o BRDE, com o programa chamado Inovacred, que exige a estruturação de um projeto relacionado à inovação de um produto ou processo”, explica Douglas Freitas Costa, analista Regional Sul da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

A empresa pública ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação tem no BRDE o primeiro e maior parceiro no Inovacred. “Este ano, o programa atingiu uma marca muito expressiva, de R$ 1 bilhão em recursos descentralizados, e o BRDE correspondeu a 44% desse repasse. Em Santa Catarina, dos R$ 286 milhões contratados, R$ 216 milhões, ou seja, 75% foram via BRDE”, pontua Costa.

Encontro

Acic, BRDE, Sicredi e Finep se uniram na realização de um encontro com empresários de diferentes segmentos econômicos na sede da entidade empresarial, na noite dessa segunda-feira, 13. Durante o evento, o diretor presidente do banco, João Paulo Kleinübing, fez uma explanação sobre a atuação da instituição financeira pública no fomento aos negócios.

Controlado pelos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, com atuação também no Mato Grosso do Sul, o banco tem como foco diminuir as desigualdades econômicas; integrar as regiões em cada estado; manter empregos e gerar renda, fortalecendo os negócios, promovendo a inovação e estimulando o crescimento dos empreendimentos, por meio da facilitação do crédito para os empreendedores.

 

Mais informações, bem como orientações sobre como acessar as linhas de crédito estão disponíveis no site https://www.brde.com.br/.

Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *